sábado, 26 de abril de 2014

De Pé!

Aqui não se diz
Aqui não se faz
Faz-se o que se diz
Nada do que se quis!

Portugal tão pequenino
No meu coração tão enorme
Pena a forma disforme
Que me leva mar adentro
Fogo fátuo de energia
Que me cospe cá para fora

Me liberta vida afora!

Sem comentários: