domingo, 2 de março de 2008

FARTO!!!!





Farto, estava farto. Tinha entrado no meu gabinete, mais um bilhete… todos os dias a mesma coisa, sempre aquele bilhete! A bem dizer, não era sempre aquele bilhete, eram múltiplos bilhetes, mas que diziam sempre o mesmo:
- “volto mais tarde”

Sempre mais tarde, nunca um pouco antes, nunca, um pouco depois da hora, nunca, a horas, sempre diziam, “volto mais tarde”.
Mas como especificar o mais tarde? Como saber qual o mais tarde e melhor, porque é que vem mais tarde?
Muitas duvidas, farto, sinto que estou farto, sempre as mesmas duvidas, sempre as mesmas questões…
Um dia não li o bilhete, pensei que dizia a mesma coisa, pensei que mais tarde voltaria, mas não, desta vez tudo seria diferente… os bilhetes pararam, no dia seguinte não havia lá nada, nenhum bilhete, nenhum aviso, nenhuma ressalva… apenas o vazio.
Assim me sentia eu, vazio, preferia um, mais tarde, que um … nada! Sempre me conseguia virar com o mais tarde, mas agora com o nada tornara-se complexo.
Foi só alguns meses mais tarde que percebi a razão pela qual o homem do talho deixou de me deixar o bilhete a dizer que voltava mais tarde, tinha-se acabado a carne e agora ele era agente imobiliário…

Sem comentários: