terça-feira, 28 de novembro de 2006

Razão ou desespero!


Tenho de admitir, nunca pensei que a vida de desempregado exigisse tanto de nós! É que ser desempregado é uma profissão esgotante, eu acordo de manhã e sou desempregado, tenho de tomar banho rápido para desempregar ainda mais um pouco antes de almoço! Chego á hora de almoço e aquilo que eu pensava que ia ser um momento sóbrio calmo e tranquilo, transforma-se num dos momentos mais dolorosos para quem tem esta profissão! A hora do almoço, é a hora do dia em que quem tem outra profissão que não a de um simples desempregado, regressa a casa do “trabalho” e comenta as coisas que lhe aconteceram essa manhã! É obvio que nós também queremos dizer como foi a nossa manhã de desempregado, mas sentimos que fizemos tão pouco nessa manhã, aliás, desempregamos tão pouco para uma pessoa recém-formada, que nem vale a pena falar! Nós somos uma vergonha! É pelo menos isto que sentimos por dentro, mas quase que o não podemos expressar pois mal acaba o almoço temos logo de voltar para a cama e desempregar o resto do dia! É um emprego extenuante!

Devo confessar que nem tudo é mau, por vezes, para fugirmos á pior parte do dia, deixamo-nos desempregar, só que desta vez de olhos fechados e até muito depois da hora de almoço. A esses dias eu costumo chamar de: “dias de estágio profissional”, dias em que estudamos para cumprir uma das mais difíceis funções de sempre, REFORMADO.

Viva o desemprego!

In, "Um Dia na vida de Ricardo Leite"

4 comentários:

Stella disse...

crise?!?!?! aonde?!?! nao vejo nada...
:p
beijooo

Porcus disse...

Muito obrigado pelo comentário! Grande abraço! Até sempre... Pig e Porcus

Anónimo disse...

Olá!

Eu sei bem o que isso é... Nunca pensei que estar no desemprego cansasse tanto!

Vou pedir um emprego ou, pelo menos, um estágio profissional ao pai-natal :)

Anónimo disse...

hi5vacas - A Quinta continua