terça-feira, 3 de outubro de 2006

Quanto custa pensar?



O cérebro utiliza energia para pensar, salvo os casos onde o cérebro tem uma função simplesmente decorativa (Lili Caneças; Lola Ferrari; Ricardo (Guarda redes do Sporting); Paulo Portas). No entanto a energia que ele utiliza, não custa mais do que ter durante toda a vida uma lâmpada de 14 watts de consumo reduzido. O nosso cérebro utiliza a mesma quantidade de energia quer estejamos sob stress, deitados muito descontraidamente no sofá, a decidir se atacamos ou não o Iraque, pensarmos numa forma de combater a fraude fiscal etc.

A maior parte do trabalho do cérebro, de facto, verifica-se fora da nossa consciência, por exemplo, manter o equilíbrio, manter as cuecas na sítio, ou o processamento das impressões dos sentidos a partir dos órgãos e da pele. O homem é o único ser que consegue, deliberadamente desligar o seu cérebro por motivos de força maior. Quando isso acontece, o homem pensa a uma média de 6 cm por segundo.

O cérebro demora cerca de um segundo desde o momento em que tomamos a decisão de mexer o dedo indicador direito até que este se mova, se bem que existem exceções, o estado Português necessita de cerca de 10 anos desde o momento em que decide baixar os impostos até ao momento em que o faz efetivamente (isto deve-se ao facto do estado Port. ser constituído maioritariamente por homens que têm a capacidade de desligar o cérebro quando querem!).

Tenho Dito!

Sem comentários: