segunda-feira, 3 de julho de 2006

" Hold on!"




Vou ser-vos completamente sincero. Eu queria escrever algo de humoristicamente interessante. Queria animar-vos, queria que por instantes ao lerem-me pudessem deixar um pouco de lado aquilo que vos atormenta, mas apercebi-me que não consigo.
A questão é esta:
Se eu conseguisse pelo menos deixar de me atormentar a mim próprio. Se eu pelo menos conseguisse deixar de pensar um pouco nos meus problemas, talvez conseguisse fazer com que os vossos se dissipassem também.
Como eu me apercebi á cerca de uma hora atrás, (quando me decidi a começar a escrever este post,) eu hoje aliás ,ultimamente não me tenho encontrado no estado de espirito correcto para fazer seja o que for a seja quem for! Por isso meus amigos, meus fieis leitores e tu, tu que me lês pela primeira vez, isto é para ti ...
Sai da frente do computador, liga a alguém. Combina um café... Um cinema. Qualquer coisa! Sai de casa, vai sozinho , vai como tu quiseres! Olha á tua volta, vê o que te rodeia, imagina um mundo melhor e tenta torna-lo real! Tenta diariamente mover aquela pequena pedra que nos atrasa a todos no nosso caminho constantemente ocupado por pedras imóveis!
Olha novamente á tua volta, vê quem não consegue mover a pedra sozinho. Ajuda-o! Pega na pedra dele, ajuda-o! Faz alguma coisa! Se sentires que a pedra é demasiado pesada para ti e para ele, pega no telemóvel, chama mais uns três amigos, pede um bongo, alguma vodka e acabem com ela!
O essencial é a união!
Um grande abraço!


Tenho Dito!

3 comentários:

Palmilha Direita disse...

Obrigado por teres ajudado a "pegar na pedra" no meu último post! Isto de ser um blogeiro incompreendido é duro!
Abraço

Paperback Writer disse...

Hmm... Muito bem...
Chamem lá mais alguém que eu trago-vos um bongo e alguma vodka...
Bebam, bebam!
...

Anónimo disse...

Estou a ver que no Verão não se escreve no blogue... Estava a contar contigo para me ajudares nos meus problemas, que são uma pedra no sapato alguns e outros uma pedra às costas; mas chego aqui e ainda tenho de levar com a pedra dos outros! Porra, vir a este blogue era o meu telefonar alguém... agora, foda-se.