segunda-feira, 26 de junho de 2006

Um dia qualquer...



A - Isso é sítio para pôr os pés?

Silêncio

Isso é sítio para pôr os pés?!

Silêncio

Não ouviu? (começa a gesticular ferozmente com ambos os membros superiores(braço esquerdo e direito)) Isso é sitio para pôr os pés?!!

B - (enquanto retira os headfones) O senhor está a sentir-se bem?

A - Isso é sitio para os pés ?! (aparte) Cambada de catraios!

B - Desculpe?

A - Não vês que estás a estragar o banco ?

B - (confuso e incomodado) O senhor está a falar comigo?

A - Não ( palavra vernácula a definir entre: fodasse ; caralho ; porra ; merda ) (...) eu é que, para além de velho sou ché-ché!

B - Oh meu amigo, destrave a cadeira de rodas e vá á sua vida!

sexta-feira, 23 de junho de 2006

A minha odiosa e inacreditável Estação de Televisão Privada!


Pouco existe para dizer. Aquilo que aconteceu, eu não sei! Não sei também o que se seguirá a isto...
Os tempos são outros, existem outras gerações. Prosseguem os tempos sem sequer se pensar naquilo que eles continuam a representar para as pessoas que os vivem. Apesar do mundo dar voltas e voltas, ele não sai do sítio. Há quem diga que o defeito é de fabrico, que nem todos nascemos com os mesmos direitos, que nem todos temos os mesmos deveres. Dizem também que devemos olhar uns pelos outros...
Pois bem, tudo começou assim! Primeiro veio o Big Brother, depois foi o pontapé na Sónia, depois ninguém fazia quilómetros por ninguém! Chegou-se a uma altura, em que era o senhor com cabelo estranho e com a mania que era senhora, que ia dar banho aos porcos, até que chegou o dia em que já andava a domar leões...
Agora, o Mário já não anda de Ferrari, está em Custóias. O Telmo já não entra pela guarita, existem hemorróidas. O Frota anda afrontado (bem esta é um pouco triste, mas acho que tinha de fazer referência ao Brasileiro, caso contrário poderiam, acusar-me de xenofobia).
Chegamos a um tal ponto em que o mundo que conhecemos, fomos nós que criamos. É óbvio que uns representaram um papel mais preponderante do que outros, mas já se sabe, quem não vota contra, está a votar a favor. Quem se absteve, agora está calado...
Agora o “adorável mundo novo” é ocupado por um odioso e inacreditável marido ...
O que será que eles vão inventar mais ?


Tenho Dito!

sexta-feira, 16 de junho de 2006


Romeu Pereira. O Diário de um Forcado Narcoleptico Formado em Jornalismo. Ep.5










Be

Nunca mais tenho 22 anos!

Tenho 21 anos. Apesar de tudo, à minha volta, tudo o que vejo, vejo-o com os olhos de uma pessoa mais velha, parece que tenho 22 anos!
Tudo me parece demasiado rebelde, inovador, tudo tem um aspecto contemporâneo...
Acho que sou maduro demais! Toda a gente que me rodeia parece ter atitudes de pessoas mais novas, isso afecta-me!
Ainda ontem á noite quando regressava a casa, depois de uma noite de Pro Evolution Soccer V com as pessoas da minha idade (21 anos), pensava quão velho estava. O que me impediu de apreciar os prazeres daquela juventude. Todos eles me pareciam demasiado inconsequentes, bebiam, fumavam, riam, gritavam (a enumeração é infinita, raio de putos hiperactivos!) quase que me cansava, só de os ver mexer! A verdade é que eu só conseguia pensar , no quanto me doíam os nós dos dedos e como estava a sofrer graças a estas mudanças de temperatura (o tempo frio molesta-me as articulações).
Começo a acreditar na tão falada, “Generation Gap”, ou lá o que eles dizem, eu sou velho demais para compreender estes estrangeirismos!
Muitas vezes dou por mim nos largos e nas praças, junto das pessoas com quem me identifico mais. Os “meus Jovens”! Pessoas com idades compreendidas entre os 22 e os 70, pessoas vividas! Sinto-me próximo deles porque sofremos da mesma forma. Faz hoje oito dias , ou sete (por vezes a memória escapa-me) que eu e a minha “malta”, como eu carinhosamente lhes chamo, fomos ao café Ceuta perto de Cedofeita. O nosso objectivo era claro, fingir convincentemente que percebíamos alguma coisa de política. O objectivo foi logrado, quando um rapaz de 18 anos se sentou numa mesa ao nosso lado e nós, sem mais nem porquê, começamos a insultá-lo por ele ter um piercing na orelha! É claro que não chegamos a falar de política, mas isso também não interessa nada, insultamos um jovem, isso era mais que satisfatório para nós!
Bem, em resumo aquilo que eu quero dizer é que eu sinto uma enorme pressão para ser um jovem, quando o que realmente quero é ser um velho!
Quero “sair do armário”! Quero poder sair de casa com uma camisola de flanela num dia de calor intenso, sem que ninguém me aponte o dedo! Quero poder criticar um miúdo de 18/19 anos no autocarro sem razão aparente, sem ter de sofrer consequências! Quero andar na rua e dar indicações intrínsecas mas erróneas a transeuntes deslocados! Quero ser sócio de uma casa de repouso!
Em suma, quero ser feliz!



Tenho Dito!

quarta-feira, 14 de junho de 2006



Romeu Pereira. O Diário de um Forcado Narcoleptico Formado em Jornalismo. Ep.4


Os dias passaram, as noites, as semanas as horas etc. Não escrevi nada e não consigo mentir! Estive na tourada. Bem, não foi bem na tourada. Fui enviado para a Alemanha, afim de cobrir o Mundial de 2006... (note-se a ligação cómica de “Tourada” e “estive a cobrir”. Existe, nitidamente a intenção de provocar o gargalhar, com este pequeno trocadilho. Trocadilho, no qual se subentende ,que para o autor, [eu], futebol e tourada são semelhantes, sendo que a diferença incide, essencialmente, no tamanho dos salários de ambos os touros que praticam este desporto)
Quer dizer, para ser franco, estive à conversa com o Petit, a tentar perceber a razão que leva um jogador profissional de futebol a comprar cópias piratas de filmes como: Rambo I; Rambo II; Rocky IV; Hamlet XXI; etc. Resumindo, estive a pensar o quão burro se tem ser, para se conseguir ir longe na vida com a alcunha de pit-bull!
Ainda bem que é naqueles homens que nós depositamos a fé de um povo inteiro! Viva Portugal! Que esta Selecção chegue muito longe neste Mundial, pelo menos que vá á Tunísia ...
Bem, eu é que nã me quero alongar muito, por isso e antes de adormecer,

segunda-feira, 12 de junho de 2006

A minha visão ....



Tenho andado a reflectir sobre a minha vida. Penso naquilo que eu faço, naquilo que eu quero fazer e cada vez mais me apercebo que não estou no sítio certo! Eu devia estar na Zâmbia, aí não seria apontado a dedo por toda a gente, ai sentir-me-ia normal. Lá sim, a minha forma de ver a vida não seria marginalizada! Será que só porque eu não gosto de trabalhar, tenho de ser posto de parte? Será que por eu gostar mais de ver os animais a passear de um lado para o outro, eu tenho de ser chamado à atenção na rua? Eu deveria ter nascido zulu! O dia inteiro debaixo de uma arvore a apanhar com a sombra. Cada dia uma caçada nova, ora a minhoca, ora a formiga, ora o louva-a-deus, todos os dias perseguiria um novo animal selvagem afim de alimentar a minha família! Isso sim seria uma vida, mas agora ter de trabalhar efectivamente, isso não tem graça nenhuma!
Espero por dias melhores! Eles hão de chegar...


Tenho Dito!

domingo, 11 de junho de 2006

Ai vida!


Tenho pensado muito seriamente na minha vida. Cheguei á alguns instantes a uma conclusão que apesar de ser triste me faz ficar contente. Eu já não era um tipo feliz quando nasci. Nasci com 10 meses e meio, nasci de parto provocado. Rapidamente se pressupõe que, desde feto não me apetecia fazer nada a não ser ficar sentado e com comida por perto.
Bem isto não parece nada alegre, mas aquilo que eu tenho para dizer a seguir é que vai tornar isto tudo muito mais bonito.
Sou feliz, tenho uma pessoa a quem dar o meu amor por inteiro, tenho amigos que me apoiam, tenho coisas para fazer, sítios para estar, pessoas com quem falar, mais uma vez ,repito que tenho uma mulher linda que me ama e eu a amo, tenho tudo, tudo mesmo, aliás nunca pensei que aos 21 anos a minha vida pudesse ser tão feliz!
No entanto a Tvcabo é uma Merda!
(Desculpem, pensava que no último post tinha resolvido as cenas, mas ainda existia um resquício de irritação que não me estava a permitir dormir!)
Obrigado.

Tenho Dito!

Mundial 2006


O mundo ficou um sitio mais pobre! Morreu a minha paciência para aturar os desaforos da TVcabo! Como tal, penso que todos os dias deveríamos parar 1 minuto e olhar para o símbolo da TVcabo num qualquer cartaz de rua e comentar com expressividade e amor:
“ Mas’ca gandes ursos vós me saisteis!”
Não quero que pensem que isto e está a vir do improviso, não, isto tem uma razão de ser (finalmente, uma vez na minha vida eu digo uma coisa que tem razão de ser!).
O que se passa é o seguinte;
A TVcabo comprou os direitos de transmissão dos jogos do mundial. Normal. Só que o canal M6 do pacote TVcabo já os ia transmitir de qualquer forma. O que acontece é que durante os jogos, a TVcabo decide bloquear o canal M6. Eu acho que isto não é nada estúpido aliás, é bastante inteligente da parte deles, pois se pagaram para transmitir na sporTV, há que ser chato e transmitir na sporTV. Qual justiça qual quê? “vocês pagam os canais todos, mas se nós quisermos bloquear o canal, nós é que sabemos!”
Até aqui tudo muito bem. Só tenho pena que eles não façam o mesmo com o canal da assembleia da república, podiam por vezes fazer o favor ás pessoas que estão em casa a fazer zapping e bloquer o canal na altura em que alguém como a Odete Santos fala! Ou o Paulo Portas, isso é que é verdadeiramente justo! Viva á liberdade e aos direitos do consumidor!
Bem já me sinto melhor, tinhas isto aqui entalado.

Tenho Dito!

quinta-feira, 1 de junho de 2006

O dia da nostalgia!

É um dia triste, sempre que acordo a pensar no dia anterior. Esse sentimento provoca em mim a incapacidade de aproveitar convenientemente o dia em que me encontro!
O pior, é quando esse sentimento não se propaga exclusivamente ao dia anterior, mas sim aos 18 anos anteriores. È neste momento que começo a pensar que se calhar estou com demasiado tempo livre, tanto tempo livre que até me custa passa-lo...
Eu costumo ser um tipo muito ocupado, com sitios para ir, pessoas para ver, pouco mais! Mas no momento sinto uma vontade enorme de me atirar para o espaço, não duvidando que irei aterrar num monte de algodão doce que subitamente me vai prender e estrafegar!
Hoje queria testar a minha capacidade para colocar um post absurdo ...

Acho que consegui.

Sejam felizes